Como escolher uma plataforma de análises


Organizações de todos os lugares já conhecem a regra principal da economia atual: nenhuma empresa pode ir muito longe - ou até sobreviver - sem análises. Mas, você já deve imaginar que escolher um sistema de BI não é tarefa tão simples. Muitas vezes a avaliação se limita apenas a recursos e funções, não levando em consideração o impacto que a análise pode trazer à sua organização, porém é necessário ir além e identificar os recursos necessários para impulsionar a verdadeira transformação.


Por isso, elencamos algumas dicas para ajudar você com essa missão. A seguir, você verá algumas dicas para avaliar plataformas e decidir qual é a melhor para a sua empresa.


Self Service BI

Contar com uma ferramenta intuitiva, que permite cada usuário de negócio criar suas visões do cenário é fundamental para definir as ações mais precisas para cada caso. Uma ferramenta self service permite que os colaboradores naveguem pela ferramenta e construam a análise que for mais pertinente para acompanhar cada resultado. Uma ferramenta que permita que os inputs possam ser obtidos apenas ao clicar e arrastar as informações, torna a produção de reports muito mais simples, visual e eficiente.


Informações compartilhadas

E o relatório? Quem nunca teve que parar o que estava fazendo para montar aquele report parcial para a gestão sobre o desempenho comercial ou sobre a produção?

Para quem tem a necessidade de produzir relatórios e manter gestores e equipes informados sobre mercado e a empresa, deve levar isso em consideração na hora de escolher a plataforma. O Qlik View é a solução é perfeita quando há a necessidade de gerar reports em grandes volumes e diferentes formatos.


Análise guiada

Ao escolher uma ferramenta, também é fundamental que ela ofereça uma análise de informações de acordo com os padrões e necessidades do seu negócio, tanto de forma única como completa.

Ou seja, se uma organização precisa controlar o desempenho de venda de determinado produto nas regiões sul e sudeste, pelo período de dois meses, e cruzar o resultado com o pipeline, verba de marketing e cashflow, ela pode personalizar os dados que são prioritários para a análise diretamente na ferramenta e fazer o acompanhamento. Também deve ser possível elencar os concorrentes nestas praças e monitorar sua performance ao longo do trimestre.


Dicas extras

Também deve-se levar em conta o pós-venda, sendo ideal que a organização opte por um produto com:

CAPACITAÇÃO - afinal, é necessário ter um treinamento da equipe para que os profissionais da empresa possam aprender mais sobre operacionalização da ferramenta e alfabetização de dados.

SUPORTE TÉCNICO - Sempre vale avaliar junto com a contratação da plataforma, a contratação da manutenção e suporte técnico para fechar o ciclo de implementação da plataforma analítica e garantir o melhor resultado para a sua organização.

CONSULTORIA - ter a expertise de um consultor especializado na plataforma analítica faz toda diferença para a empresa, se atente à isso também.


Concorda com as nossas dicas? Então conheça a Qlik, o BI da Synergy, pois com ele você terá a visão completa de seus dados, de forma self service, podendo compartilhar as informações e com análises guiadas.

#bi #análise #QlikFree #SerraGaúcha #sistema

Posts Em Destaque
Posts Recentes