“Decisores devem investir em data e analytics”, afirma Gartner



Não basta falar sobre análise de dados e desejar atingir a maturidade na tecnologia, é necessário mudança de mindset dos líderes empresariais. Para o Gartner, o ideal é que todas as áreas de uma empresa desenvolvam uma estratégia própria de Data & Analytics (D&A). Recomendam que as equipes de Data & Analytics demonstrem a importância "vital" ou "crítico" das ações de análise. Porém, não se trata de uma tarefa simples, por isso, seguem alguns conselhos elencados pela TI Inside:


1 – Usar a linguagem de negócios enquanto está preparado para fornecer informações técnicas: nas reuniões do Conselho de Administração é recomendável ir direto ao ponto e apresentar os benefícios da área de D&A. É crucial vincular as ações de Data & Analytics à estratégia organizacional de alto nível.


2 – Fazer uma apresentação baseado em fatos, breve e interessante: na redução de uma apresentação para torná-la sucinta. Contar histórias é uma parte essencial para captar o interesse do conselho. Uma maneira de fazer isso é dividir a história em quatro passos, como no exemplo de gerenciamento de dados mestres:

Passo 1 – Descrever o cenário: "17% das nossas faturas contêm erros, o que leva a atrasos médios de uma semana a pagar estas faturas".

Passo 2 – Diagnosticar o problema: "A causa desse problema é não ter uma maneira única de identificar os clientes. Temos padrões diferentes em 12 sistemas de faturamento específicos".

Passo 3 – Fazer a análise preditiva: "A cada trimestre, continuamos a fazer isso; e esses erros custam US$ 100.000 em capital de giro e crédito de curto prazo".

Passo 4 – Prescrever uma solução: "Para resolver a questão, devemos implementar uma tecnologia chamada MDM, que nos ajude a corrigir isso e a gerenciar no futuro".


3 – Clareza sobre o que a organização pode alcançar e fornecer vários cenários de como as operações da companhia poderão atingir esses resultados: problemas que atingem o nível do conselho são geralmente complexos e não têm respostas simples, do tipo "sim ou não". Fornecer vários cenários de como uma iniciativa de D&A vai proporcionar uma plataforma para discussão e ajudará a garantir a adesão dos executivos.


4 – Especificar sobre o que as ações de D&A significam para a empresa, com exemplos de uso: tendências de mercado e exemplos de como outras organizações estão fazendo podem trazer clareza e senso de urgência dentro do conselho. No entanto, é importante garantir que os exemplos externos sejam sempre traduzidos para serem relevantes para a organização. Identifique as ambições pessoais e paixões de membros específicos do conselho e mostre como as iniciativas de D&A podem ajudar a realizá-las.


Texto original publicado por TI Inside

#Gartner #DataAnalyticsDA #BusinessIntelligence #BI

Posts Em Destaque
Posts Recentes