Cinco tendências de BI e dados para 2021



O BI já é um dos maiores ativos de empresas que querem crescer e manter o seu negócio sustentável. Afinal, são os dados que podem ajudar a sua empresa a reagir a um mundo tão turbulento, isso, claro, com flexibilidade, agilidade e consciência.

Como todos os setores, e principalmente, de tecnologia, as mudanças são constantes e significativas. Por isso, conheça as cinco principais tendências de dados que estão surgindo e saiba como usá-las a seu favor. 1- Nuvem conectada A mudança imediata para SaaS irá desencadear a migração de bancos de dados e aplicativos. Além disso, as tecnologias que podem acessar, mover e conectar dados de vários lugares seguirão o mesmo caminho. Com dados, ferramentas e sistemas em processo de migração para a nuvem, não há outro caminho, as análises de BI também estarão na nuvem. 2- A história dos dados Ao falar sobre análise de dados, contar uma boa história tem se tornado cada vez mais necessário e se consolida como uma nova forma de apresentação de dados. Esse desenvolvimento está impulsionando milhões de pessoas em direção à alfabetização de dados. Entretanto, os dados estão sendo rapidamente politizados. Por isso, traduzir os dados em uma história para contar auxilia na compreensão e também aumenta o interesse do público, o qual não verá somente números e estatísticas. 3- Dados “alternativos” ganham força Os dados de fontes externas, também conhecidos como dados alternativos, sempre foram relevantes, fazendo diferença nas análises. Porém, em 2021, com a análise de dados ganhando força em diferentes negócios e graças ao processamento mais barato e à IA mais madura, levar em conta a informação desses dados torna-se fundamental . Uma vez que é possível obter dados derivados, levando em conta, inclusive, os dados de outros setores.

4 - A evolução do self-service Com o tempo cada vez mais escasso, é fundamental que o processo de adoção seja rápido e intuitivo, principalmente quando não há manuais de instruções e ninguém para auxiliar o usuário a cada passo. Em analytics, a capacitação de usuários para acessar dados de maneira mais intuitiva permitirá a migração do self-service de dados para a autossuficiência de dados. 5 - União dos elos A convergência de gerenciamento e análise de dados criou oportunidades para pontos de integração entre os componentes do pipeline de dados. Isso irá impulsionar a colaboração, a inovação e discussões com relação aos próprios dados. Mais do que nunca, a colaboração precisa ocorrer o quanto antes para unir os elos dessa corrente. Para conhecer como a Qlik e a Synergy podem ajudar a sua empresa a seguir essas tendências, envie uma mensagem: SYNERGY | Contato

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square